• Nossa é a Miséria Nossa é a miséria, nossa é a inquietação incalculável, nossa é a ânsia de mar e de naufrágios, onde nossas raízes se alimentam. Em vão lutamos contra os grandes signos. Seremos sempre a mesma folhagem de madrugada ausente. O mesmo aceno imperceptível entre a janela e o sonho. A mesma lágrima no mesmo rosto vazio. […] Vinnícius Almeida
    0
    Comentários
    19 de outubro de 2015
  • Cyberego No princípio era o verbo… utilizado apenas para falar ou ver as horas. Possuía jogos e hits polifônicos. Sua forma era quadrada e pesada. E hoje é quase um deus… Agora, os novos modelos evoluídos atraem crianças, jovens, adultos e velhos. Cabem fotos, vídeos, anotações, músicas, subjetividades… Fazem votos, posts, devoções, dúvidas, futilidades… São tantos […] Vinnícius Almeida
    0
    Comentários
    14 de abril de 2015
  • Vespertina Enquanto o quando não vem, Esperanças são temperadas. O sabor está para além,  das sensações experimentadas.   Aqui venta embaixo da árvore. Ali se vê que a ave voa. Percebe o sopro do vento Porque na vida há boa…   Anova a forma do olhar Ouve o céu, fala flor. Exala o ar, aufere mar. […] Vinnícius Almeida
    0
    Comentários
    25 de agosto de 2014
  • O vão entre o salto e o chão Pensar, sentir e agir geralmente desafinam. O vapor gelado do ar condicionado nada se parece com a brisa do vento que sopra. O ventilador ligado numa noite de calor não se aproxima de uma noite de sono com a janela aberta no silêncio do interior.     Ainda que seja eterno não se deve ostentar […] Vinnícius Almeida
    0
    Comentários
    1 de novembro de 2013
  • Barata Tonta Aí vai a barata tonta. Cansada de só pagar conta, decide que é hora de extravasar. Lança fora o que havia construído e decide apenas voar. Bate as asas pra lá e pra cá. De bar em bar, de sapateira em sapateira, caminha sem eira nem beira… Sempre circulando em movimentos rotatórios, dá voltas e […] Vinnícius Almeida
    0
    Comentários
    13 de julho de 2013
  • Ex-nihilo: o que ouvi a criação dizer Um monte de rochas inclinou-me, Águas jorravam enquanto envergava o pescoço. Enxergava belezas de cegar pensamentos, A altitude desimpedia a escuta que custou-me, Extrair a riqueza daquele silencioso esboço. A quietude da ambiência trazia calma à alma. Inconcebível assistir um DVD de super-heroes, Quando ao lado há um cenário digno de mais de uma palma. […] Vinnícius Almeida
    0
    Comentários
    19 de janeiro de 2013
  • pdf Por estar leve, precisava escrever algo. Semanas doando escutas em vias fraternas e da própria labuta, via a vida pesada de tantos. Percebia como alguns destes vêm tentando fazer pra conseguirem alcançar aquilo que gostariam de ter – ou mesmo ser: Preocupações permeiam com perspicácia o pensamento de pessoas. Duras definições dirigem diretamente decisões. Fábulas […] Vinnícius Almeida
    0
    Comentários
    9 de dezembro de 2012
  • A4 Uma folha em branco tem mais conteúdo do que muito livro por aí… Um papel amassado tem mais machucados do que um lutador ferido naquela barbárie midiática. E ainda insistem chamar de “esporte”. Um desenho no sulfite pode ter mais sentido que uma tela pintada dotada de valor  – monetário, claro… Se o formato for retrato: […] Vinnícius Almeida
    0
    Comentários
    13 de setembro de 2012
  • Domingo Decadentes são as demonstrações repletas de negações afirmadas, presentes nas percepções de todos que observam seu movimento pausado no passado. Quando o espelho tem culpa, talvez seja a hora de rever os reflexos… Ao menos que sua inflexibilidade mantenha a distância pra bem longe… Decepcionante, Frustrante e Importante: Digno de fazer sentir vergonha alheia… Sua […] Vinnícius Almeida
    0
    Comentários
    30 de julho de 2012
  • Galeria de Quadros Reais Quadros que não são de tela, Vivenciados ao ar poluído. Estragos vão além da janela, Retratos de um mar diluído.   Traços descrevem a pintura, Paisagens vêm à memória. Braços carregam a gravura, Passagens têm a história.   Sente o gosto, cada rosto, Vontade de mudança expressa. Tente o novo, não o imposto, Reforma necessita […] Vinnícius Almeida
    0
    Comentários
    15 de março de 2012