O que fazer quando o toque do celular

fala mais alto que o canto do passarinho?

Não é mais sobre a galinha ou o ovo.

Trata-se da algidez… desde os ninhos!

Tadinhos!

Apáticos estão os pintinhos!

Todos o poleiro está cínico!

Porque não basta o cuidado,

Clínico…

Era essa, avessa!

Tempos de bagaços, sabugos e

Ração.

Crise de laranjadas, pamonhas e,

Razão!

Ambos ciscam do chão.

A ave, por criação.

E o homem, por degradação.

Entre quitandas e granjas, tudo tão

Mercantil.

Pesam-se penas, franjas, coxas e

Quadril.

Muita crista altiva, de bico afiado…

Narcísico cacarejo. Rabicó nababesco,

que esfarinha a humildade…

Sobrevoa o galo. Sobrevive o ser.

Em frangalhos…

subway_car_hen_rooster_people_74395_3840x2160