E eis-me tranquilamente sentado, em minha casa.
Fora, tudo é agitação, todo o povo é percorrido
por uma vaga de nacionalismo;
cada um fala em sacrificar a sua vida e sangue,
cada qual está disposto a isso,
mas levado pela onipotência da opinião.
E eu permaneço sentado na calma do meu quarto
(depressa hão de denunciar-me, sem dúvida,
a minha indiferença à causa da nação),
não conheço senão um perigo: o que corre a religiosidade.
Mas com esse perigo ninguém se preocupa
– e ninguém duvida do que se passa em mim.
[Søren Kierkegaard]

grid-01-1495633