1. A verdadeira vida cristã, a verdadeira espiritualidade, não significa apenas que nascemos de novo. Precisa começar lá, mas é muito mais do que isso. Não quer dizer só que vamos estar no céu. Significa isso, mas muito mais do que isso. A verdadeira vida cristã, a verdadeira espiritualidade na vida presente quer dizer mais do que ser justificado e saber que irei para o céu.

2. Não é só um desejo de me livrar de tabus para viver uma vida mais fácil e solta. Nosso desejo precisa ser o de uma vida mais profunda. Quando começo a pensar nisso, a Bíblia me apresenta o todo dos Dez Mandamentos e o todo da lei do amor.

3. A verdadeira espiritualidade, a verdadeira vida cristã, não é só externa, mas é interna – consiste em não cobiçar contra Deus e contra os homens.

4.É também mais do que isso: é positiva; é realidade positiva interior, e então positiva nos resultados exteriores. O importante no íntimo é ser positivo e não apenas negativo; a partir do ímpeto da realidade interior positiva, deverá haver uma manifestação positiva externa. Não é somente porque estamos mortos para certas coisas, mas por estar amando a Deus, estar vivos com ele e estar em comunhão com ele, neste exato momento da História. E estaremos amando as pessoas por estarmos vivos para os homens, como homem, e por estar em comunicação com nossos semelhantes em nível verdadeiramente pessoal, neste exato momento da História.

[Francis A. Schaeffer, em “Verdadeira Espiritualidade”]

Fonte: _wallpaperswa.com_57 - 06.09.2014 / 23:23
Fonte: _wallpaperswa.com_57 – 06.09.2014 / 23:23