Não faltará ocasião pra que fique aqui registrado o quanto as ideias e produções de C.S Lewis exercem influência sobre como penso a vida e minha morada no Cristianismo. Sou completamente fascinado por seus escritos. Tudo o que li até aqui foi de muita valia. Com as Crônicas de Nárnia, não foi diferente. Amor à primeira lida/assistida.

Sem delongas, porque hoje só medito numa música que compõe a trilha:

Imagem

“Meu filho, há muito tempo que o conheço. Você me conhece?” (Aslam para o cocheiro)

(Hero – Bethany Dillon)

Você quebrou o silêncio

Uma ruptura nas nuvens

Um raio da esperança na escuridão

Você varreu o pó em excesso pra fora

Lugares cheios de medo

Cheios de nunca terminar o julgamento

E que é amor sem muito risco?

Você era um homem de grande sofrimento

O mundo que Você criou

Mantém Você em uma distância

Você não era reconhecido

Oh, Você é o herói

Nós temos esperado

Você fez o impossível

Você é o herói

Nós temos esperado

Você fez o impossível

O impossível

Você construiu uma ponte sobre o abismo

Você rasgou o véu

Deus Todo poderoso na carne

Todas as plantas e formas

De encontro a seu amor falharia

Na luz da Sua obediência

Sim, Você é o herói

Nós temos esperado

Você fez o impossível

Você é o herói

Nós temos esperado

Você fez o impossível

O impossível

O impossível

O impossível

Um bebê chora na noite

A terra agitou

O eco do choro de um homem

A maldição desfeita

A maldição desfeita

Nosso herói ganhou

Você é o herói

Nós temos esperado

Você fez o impossível