Prosseguir na Colorida Caminhada Figurada no cotidiano duma Realidade Desbotada demanda democratizar o antídoto para o mal cinza, a vida apagada, sem sentido e que segue cegamente batendo a cara no acaso, por insistir que “só existe o agora”

A eternidade é logo ali…

Por essas e tantas outras, ainda acredito no Amor:

“A vida secreta do amor está na sua intimidade insondável e, ao mesmo tempo, na sua conexão profunda com toda a existência. Tal como um lago tranquilo que tem a sua origem profunda na fonte oculta que nenhum olhar consegue ver, assim também o amor humano tem como origem ainda mais profunda no amor de Deus. Se no fundo não houvesse nenhuma nascente, ou se Deus não fosse o amor, não haveria qualquer lago, mesmo pequeno, e nem o amor do ser humano.

Como o pequeno lago tem a sua origem na nascente profunda, assim o amor do ser humano brota diretamente do amor de Deus. E como o pequeno lago tranquilo convida você a contemplá-lo, mas os reflexos escuros do fundo impedem a você de sondá-lo: assim também o amor humano originado na misteriosa natureza de Deus impede você de ver a sua profundeza”.

Søren Kierkegaard, “O amor de Deus fundamenta e edifica o amor humano” In: O amor segundo os filósofos. SCHOEPFLIN, Maurizio (Ed.). Bauru: Edusc, 2003 [Trad. Antonio Angonese]Imagem

Continua…