“Como tudo mudou hoje: o fato permanece o mesmo, mas a inter­pretação modificou-se completamente. Os homens pensam no mundo não como um campo de batalha, mas como um parque de diversões. Não estamos aqui para lutar, mas para nos divertir. Esta não é para nós uma terra estranha, e sim o nosso lar (vide João 18.36). Não nos preparamos para viver, já estamos vivendo, e o melhor a fazer é livrar-nos de nossas inibições e frustrações e vivermos plenamente. Em minha opinião, resume-se nisso a filosofia religiosa do homem moderno, abertamente professada por milhares e tacitamente mantida por outros milhões que vivem segundo a mesma, sem terem dado expressão verbal aos seus conceitos.

Esta mudança de atitude com relação ao mundo teve e continua tendo seus efeitos sobre os cristãos. Até os cristãos evangélicos que professam  fé na Bíblia. Através de uma  curiosa manipulação dos números eles conseguem uma soma errada,  mas  alegam ter a  res­posta certa. Parece fantasia, mas não passa de verdade”.

(A.W Tozer – da coletânea “O melhor de A.W Tozer”, pp. 37, grifos meu)
Tenham uma mente tranquila, mas estejam sempre atentos. O Diabo está querendo atacar, e não quer outra coisa senão apanhar vocês desprevenidos. Não baixem a guarda. Vocês não são os únicos a enfrentar momentos difíceis. Acontece o mesmo com muitos cristãos ao redor do mundo. Por isso, fiquem firmes na fé. O sofrimento não vai durar para sempre. Não na presença de um Deus generoso, que tem grandes planos para nós em Cristo, planos eternos e gloriosos! Ele vai conservá-los unidos e firmes para sempre. Deus tem a última palavra. Sim, ele a tem.

(Primeira carta do Apóstolo Pedro, capítulo 5.8-11 – A Mensagem)