A encruzilhada entrecruza,

pensamentos cruciais.

O imaginário abusa,

em tempos reais.

 

O semáforo sinaliza:

Congestionadas idéias.

A faixa avisa:

Arriscadas estréias.

 

O boneco avermelhado,

Demarcada fronteira.

De repente esverdeado,

Largada à beira…

 

15/06/11 – 23h37