(Fruto Sagrado)

Pai,
Por favor,
Não deixe o egoísmo me enlouquecer
Me consumir
Pai
Por favor
Não deixe o medo me controlar
E a covardia me impedir
Corromper a minha fé
Me levar pra longe de você
O que eu mais quero
É sempre estar com você
Ao Teu lado eu consigo perceber
Entender queu não posso desistir
De ser humano
Pai,
Por favor,
Não deixe o conforto me seduzir
E comprar o meu silêncio
Pai,
Não deixe a religião me escravizar
E aprisionar meus pensamentos
Corromper a minha fé
Me levar para longe de Você
O que eu mais quero
É sempre estar com você
Ao Teu lado eu consigo perceber
Entender queu não posso desistir
De ser humano
Não quero cair naquilo que condeno
Não quero me enterrar em teorias mortas
Não quero ser mais um número frio
Congelado
Insensível