liv_9

Fui privilegiado ao ter sido presenteado por um livro, que ganhei de um grande amigo – este, um dos personagens essenciais no espetáculo de minha vida, conhecedor de algumas de minhas viagens ainda em papéis, textos e projetos, adicionou mais um título daqueles que ficam na biblioteca da memória, porque o coração entendeu os dizeres contidos, e assim, foi nutrido pelas páginas recheadas de Crônicas, Poemas e Poesias do Poeta Maior “Vinicius de Moraes”.

“Para Viver Um Grande Amor” contém versos sublimes, que sensibilizam o senso poético – que acredito ser inato em cada Ser.
Quer saber se me identifiquei com o tema? rsrs Será este o dilema?

Enquanto sigo… Segue um trecho de Vinícius de Moraes e um pedacinho de um texto meu…

A MEDIDA DO ABISMO
(Vinicius de Moraes)

Não é o grito

A medida do abismo?

Por isso eu grito
sempre que cismo

Sobre tua vida…

Tão louca e errada
– Que Grito inútil!

– Que imenso nada!

ENTRELAÇADO¹
(Vinnícius Almeida)

Entrelaçado

Entre Provas & Problemas…

Engraçado?

Não sei as soluções nem os esquemas…

Pra resolver o dilema…

Nem mesmo o Diadema…

Afinal, chama ou não pra o cinema?

¹ (engraçado estar ‘entrelaçado’quando havia escrito este poema, na cena entre provas problemas & cinema…)

Então, para os que (ainda) não Vivem um Grande Amor, fica o conselho de Amarem a Grandiosa Vida! Namorarem intensamente os momentos, curtirem com o tempo, renovar, e declararem os sentimentos…

Esta postagem, é resultado de todos os assuntos acumulados, pelas amigas e amigos continuamente inspirados pra falar/teclar e tentar apalpar (subjetivamente) de maneira sólida, o sentimento mais abstrato que existe… O AMOR!

Feliz, por saber que em pleno século XXI, (A era do Twitter, SMS, e relações Virtuais, Oh…) Ainda há alguns querendo amar com Flores, música, versos e poesia…

* Thiago, valeu pelo presente!